A união faz a força: o poder dos coletivos de autores

Para quem sonhava em publicar livro da maneira tradicional, por meio de uma editora, a autopublicação pode parecer um tanto solitária às vezes. Mas não precisa ser. Você já pensou em publicar ebook com o auxílio de um coletivo de autores?

Um coletivo de autores é basicamente um grupo formado apenas por escritores cujo objetivo é se ajudar mutuamente na escrita, edição, publicação e divulgação de seus livros. Em vez de dar cada passo do caminho sozinho, você terá a companhia e o apoio de outros profissionais da escrita, que oferecerão opiniões valiosas e elevarão a qualidade da sua obra.

O que você oferece em retorno? O mesmo apoio aos membros do seu coletivo. Você também conversará sobre as ideias deles, revisará seus livros, contribuirá na divulgação. Em um coletivo de autores, um eleva o outro.

As dificuldades são aquilo que se pode esperar de qualquer trabalho em equipe. Todos precisam colaborar e se entender bem. Por isso, você não pode pensar apenas no benefício próprio ao buscar um coletivo de autores. É um compromisso mútuo, que envolve muita colaboração, comunicação e empatia.

A ideia de artistas trabalharem em equipe não é nenhuma novidade. Vários dos maiores nomes do meio artístico trocavam ideias e inspirações uns com os outros. Na Inglaterra, o Bloomsbury Group, do qual Virginia Woolf fazia parte, dividia o mesmo teto. Existem artistas que preferem o isolamento, mas o mais comum é que a criatividade de um alimente a do outro.

No cenário da autopublicação, mais até do que se inspirar mutuamente, embora esse também seja um dos objetivos, os coletivos de autores garantem que a sua obra alcançará um certo padrão de qualidade antes de ser enviada para o mundo. Afinal, uma das maiores dificuldades de publicar livro sem a ajuda de ninguém é poder julgar a qualidade do próprio trabalho. Para bem o para mal, somos parciais quando olhamos para a nossa própria escrita.

Então, se você sente vontade de colaborar com outros autores, aí vão algumas dicas:

·       Procure autores que escrevam bem. Para que o coletivo dê certo, é preciso confiar nas habilidades e no potencial de seus colegas. Quando se trabalha com um coletivo, seu nome é associado ao dos seus colegas.

·       Procure escritores com senso profissional. Vocês editarão as obras uns dos outros. Para atingir um bom padrão de qualidade, é necessário que seus colegas levem as tarefas a sério e cumpram prazos.

·       Procure pessoas com as quais você se dá bem e se identifica. Um coletivo é, como o nome já diz, um conjunto de pessoas. Se você não se der bem com eles ou pensar de maneira diferente demais, a comunicação não será boa, o trabalho não ficará bom. Procure alguém com quem você se sinta a vontade para conversar sobre seus projetos livremente, cujas opiniões você respeite.

·       Procure pessoas com habilidades diversas. Um coletivo de escritores faz mais do que escrever. Vocês revisarão livros, discutirão projetos, realizarão campanhas de marketing. O mais inteligente é distribuir as funções. Por exemplo, um membro pode ser responsável por organizar o calendário de publicações e prazos para apresentar manuscritos; outro cuidará das campanhas de marketing; e todos revisarão as obras uns dos outros.

·       Procure pessoas confiáveis. Acima de tudo, vem a confiança. Seus colegas respeitarão os prazos? Eles respeitarão a confidencialidade dos manuscritos? Você confiaria neles para gerenciar uma campanha de marketing paga? Todas essas questões são importantes.

Um coletivo de autores é mais do que uma comunidade onde se troca ideias. Em geral, coletivos têm nome, podem até mesmo ter uma logo. Os livros de cada autor são assinados individualmente e, em geral, os lucros também são individuais, mas se deixa assinalado que o projeto contou com a colaboração do coletivo.

De acordo com o porte do coletivo, podem ser feitos alguns investimentos financeiros. Por exemplo, para a manutenção de um website ou realização de campanhas de marketing. É importante lembrar que neste caso, você não gastará com o coletivo, e sim investirá coletivamente. Certamente sairia mais caro ter um site individual, por exemplo.

Além de elevar a qualidade do seu trabalho, o coletivo é capaz de conquistar leitores através de uma marca definida. No blog da Bibliomundi, sempre explicamos como um livro serve de propaganda para o outro. Se um leitor gosta de algo que você escreveu, ele comprará mais livros seus. Da mesma forma, se um leitor gostar de um ebook produzido pelo coletivo, provavelmente procurará mais títulos assinados por ele, ainda que tenham autores diferentes.

Em resumo, se você participar de um coletivo você poderá nutrir sua criatividade, aumentará a qualidade final do seu trabalho, terá livros melhor divulgados e desenvolverá uma marca com mais facilidade. Tudo isso, contudo, depende das pessoas que você escolher (e de você mesmo).

Enquanto você não encontrar os parceiros ideais para formar um coletivo de escritores, ou quem sabe entrar em um coletivo já existente, o primeiro passo é conhecer outros autores. Entre em comunidades nas redes sociais, participe de encontros de escritores. Converse, troque ideias e, quando estabelecer confiança, pode ser a hora de formar uma parceria.

E aí, autor? Já pensou em participar de um coletivo de autores? Compartilhe suas opiniões e experiências!

3 Comentários

  1. JOHN D. GODINHO

    Moro no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro. Já publiquei um livro , ONCE UPON A TIME UM INGLÊS…, primeiro, pela Editora Relume Dumará, com boa aceitação. Depois, como auto-publicação.
    Estou terminando um novo trabalho, título provisório BEIJA-FLORES NÃO DEVIAM VOAR…
    Pergunta: Existe algum grupo de escritores no Recreio ou na Barra da Tijuca com o qual eu possa entrar em contato?
    Grato pela informação.
    John D. Godinho

    Responder
    1. Redação

      Olá John, nossa sugestão é buscar grupos de autores pela internet, em redes como o Facebook e twitter. Existem grupos de escritores no Rio de Janeiro e também encontro de fãs de literatura na Livraria da Travessa.

      Responder

  2. NÓS TEMOS VÁRIOS LIVROS PARA PUBLICAR CIENTÍFICOS E HISTÓRICOS.
    ORIGEM DOS DOGMAS – Científicos e Religiosos
    DA REABILITAÇÃO DO DELINQUENTE – sua problemática
    DO PODER HIERÁRQUICO – seus limites

    AS AVENTURAS DO ALMIRANTE CEROULAS – autobiografia
    NO TEMPO DAS LIGAS CAMPONESAS – autobiografia
    JULIÃO – O Jovem – biografia
    1964 – Uma Missão Impossível

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *