Romances em ebook hot: Escrevendo best-sellers

É um fato que os ebooks hot de romance, mais conhecidos como ficção erótica, atraem uma legião de leitoras. Só na Grã-Bretanha, em um intervalo de apenas cinco anos, cerca de 40 milhões de cópias de livros eróticos e romances foram vendidos, o que equivale a mais de 800 milhões de reais em vendas.

Os livros eróticos sempre marcaram presença na história, mas costumavam ser um prazer secreto. Como dizia o grande autor latino Gabriel García Márquez, “todos temos três vidas: a vida pública, a vida privada e uma vida secreta”. Para as mulheres, em geral, as fantasias sexuais fazem parte dessa vida secreta, que não são compartilhadas com ninguém. Ou pelo menos costumava ser desse jeito.

Com o sucesso de 50 Tons de Cinza, a trilogia erótica lançada pela autora E.L. James em 2011, as mulheres começaram a ler e falar mais abertamente sobre sexo. Unindo isso à discrição oferecida pelos ebooks, que podem ser lidos no celular sem atrair qualquer atenção para a capa, e o resultado é um aumento de mais de 30% nas vendas de romances eróticos nos últimos anos.

Na Bibliomundi, já temos casos de sucesso como a autora independente Bella Prudêncio, que lançou o best-seller Sebastian e, em outubro de 2017, o ebook hot Minha Caixinha de Contos Eróticos.

Como mencionamos anteriormente, os livros eróticos não surgiram nos últimos 10 anos. Eles sempre estiveram por aí e, se você souber procurar bem, vai encontrar em sebos e jornaleiros alguns livrinhos “duvidosos” com capas que mais parecem a embalagem da Catuaba Selvagem.

Romances em ebook hot: Escrevendo best-sellers

Esses livros são produzidos há anos e o seu público-alvo ainda é o mesmo: as mulheres. A diferença é que agora existe liberdade e autonomia o suficiente para ler e escrever romances em ebook hot sem medo, e isso é excelente, tanto para quem lê, quanto para nós, escritores.

Os romances eróticos são uma válvula de escape para mulheres que querem experimentar por meio da ficção algo que está fora de alcance na realidade. Boa parte das leitoras (e escritoras) de livros eróticos são mulheres adultas, casadas e com filhos, que vivem rotinas atribuladas e mal têm tempo para parar e descansar.

A ficção erótica abre asas para a imaginação, estimula o corpo e a mente, quebra a rotina. Ela permite que mulheres que simplesmente não têm tempo para correr atrás de uma vida sexual satisfatória encontrem o prazer por conta própria e, em contrapartida, também contribui para uma melhoria nas vidas sexuais de casais que haviam caído na rotina.

Em outras palavras, os livros eróticos dão uma apimentada na vida pessoal de quem lê, mesmo que apenas por meio da imaginação.

Para nós, escritores independentes, essa tendência é muito positiva. Temos a capacidade de escrever livros com conteúdo bastante íntimo, publicar ebook sem precisar nos preocupar com a aprovação de editoras ou de qualquer pessoa e garantir ótimas vendas.

Afinal, 70% das vendas de livros eróticos são digitais, segundo dados do Digital Book World, e 15% das leitoras de romances eróticos compram pelo menos um ebook por semana, e 6% compram mais ainda. É bom já ir pensando nos próximos livros!

Para pensar ao escrever romances em ebook hot

Antes de mais nada, ao escrever um romance erótico, você deve se lembrar que o maior público consumidor são as mulheres. Mais precisamente, 84% dos leitores de livros eróticos são mulheres, e 41% têm entre 30 e 54 anos de idade (fonte: Romance Writers of America).

Vivemos em uma sociedade onde as mulheres não têm a mesma liberdade que os homens para se expressar sexualmente, mas não se deixe enganar por isso. Pode faltar liberdade, mas vontade não falta.

Como esses números comprovam, as mulheres gostam sim de sexo. Não só de fazer, como também de ler e imaginar. No entanto, existem algumas diferenças entre a maneira que homens e mulheres se relacionam com o sexo, o que leva a algumas questões estratégicas na hora de escrever romances em ebook hot.

Enquanto os homens tendem a se sentir atraídos pelo corpo em si, a libido das mulheres costuma ser despertada por outros elementos. Mais do que descrever um corpo bonito, você deve enfatizar o tom, o contexto e as sensações presentes no seu livro erótico. A leitura deve estimular a fantasia, deixando sugestões.

Esse é um dos principais motivos pelos quais as mulheres se sentem tão mais inclinadas do que os homens a buscarem livros eróticos, em vez da pornografia.

A ficção erótica é mais do que uma história que contém sexo. E é mais do que a descrição de uma cena de sexo em si. Trata-se de todo um gênero literário com características únicas, que conta com histórias incríveis e permeadas por tensão sexual, nas quais o sexo é um fator indispensável para o enredo, mas não o único fator importante.

Os livros eróticos podem se interrelacionar com diversos outros gêneros literários. Existem romances eróticos de ficção científica, suspense, terror, fantasia, ação e muito mais. Qualquer gênero literário tem potencial para se misturar com a ficção erótica, se você parar para pensar. É só ter personagens incríveis e cheios de sensualidade.

O que não vale na hora de escrever romances em ebook hot é o medo do tabu, o medo de expressar suas fantasias íntimas, de mostrar um pedaço da sua “vida secreta” para os leitores.

Se o problema for o seu nome, não se preocupe. Pseudônimos estão aí para isso! Mas, se mesmo assim você não se sentir confortável, é melhor pensar duas vezes, talvez escrever um pouco mais antes de tentar publicar livro erótico pela primeira vez. Faça apenas o que for bom para você.

E aí, autor? Já escreveu algum livro erótico? Fique ligado, nas próximas semanas vamos trazer mais dicas de como escrever romances em ebook hot!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *