Quero escrever um livro: o que preciso saber?

“Quero escrever um livro”. Esse é o começo de uma história de sucesso para muitos escritores, mas sem as ferramentas e informações adequadas, essa vontade pode ficar só no sonho. É o que acontece com boa parte das pessoas que pensam em escrever um livro, mas não precisa ser o seu caso.

Para publicar livro, você não precisa de muito. Ouvimos muitos mitos sobre escrever livros, como a ideia de que todo escritor esbanja tempo livre para escrever, ou que o seu conhecimento gramatical vai definir a qualidade dos seus textos. Algumas pessoas até mesmo acreditam que uma faculdade em letras é essencial para ser um bom escritor (Machado de Assis discorda).

Essas ideias servem apenas para desestimular escritores que ainda não publicaram seus trabalhos, e não são verdadeiras. Qualquer pessoa pode escrever um livro, mesmo sem ter muito tempo livre, mesmo sem ter um diploma em letras, mesmo sem acreditar que tem talento para escrever, mesmo sem se sentir inspirado todos os dias.

No entanto, existem algumas informações que podem ser realmente úteis se você quer escrever um livro, especialmente se não sabe por onde começar. E é por isso que o nosso blog existe. Nas dicas de autopublicação de hoje, vamos explicar tudo o que você precisa saber antes de escrever um livro.

1.     Terminar o livro é o seu objetivo. Esqueça todo o resto!

Você estava pensando no que faria depois de publicar ebook? Ficou imaginando sua grande vida como um autor independente, desenvolvendo ideias para os próximos livros? Que tal uma estratégia de marketing? Esqueça tudo isso enquanto você não terminar seu livro!

Escrever um livro até o fim já é uma tarefa difícil o suficiente. Sem o foco necessário, pode ser uma missão impossível. Deixe todas as outras preocupações envolvendo seu livro para depois. Agora é hora de pensar apenas nas questões fundamentais para o processo de criação e escrita. Não dê um passo maior do que a perna.

2.     Organizar seu processo criativo e ter disciplina é fundamental

Para concluir a missão “escrever livro”, você deve entender a importância da disciplina para um autor profissional. Grandes autores como Ernest Hemingway, por exemplo, escreviam todos os dias religiosamente e, por isso, conseguiam botar uma quantidade impressionante de palavras no papel sem depender de uma “força mágica” chamada inspiração. Esses autores lidavam com a escrita como se lida com um trabalho, e é isso que você precisa fazer se quiser escrever e publicar livros.

Além de escrever todos os dias, de preferência com metas relacionadas à quantidade de palavras ou tempo gasto escrevendo, é uma boa ideia organizar seu processo criativo. Muitas pessoas só conseguem concluir um grande projeto, como escrever um livro, quando se dedicam do começo ao fim, sem abandonar na metade ou tirar férias antes de fazer tudo o que precisa.

Por isso mesmo é fundamental organizar o processo criativo, de maneira que não só você consiga enxergar o progresso do seu projeto, mas também para tornar seus esforços mais eficazes. O caminho que recomendamos é separar as etapas e fazer uma de cada vez, na seguinte ordem:

1.       Encontrar ideias de histórias para escrever

2.       Fazer um enredo bem planejado

3.       Escrever o livro com disciplina

4.       Editar seu próprio livro

5.       Fazer a capa do seu livro

6.       (Opcional) Criar uma estratégia de marketing de conteúdo

Em nosso blog, você encontra diversos artigos que ensinam como realizar cada etapa da criação de um livro até a autopublicação.

3.     O primeiro rascunho do seu livro pode não ser a versão final

Como você bem sabe, escrever um livro até o final dá trabalho. Por esse motivo, é comum um escritor pensar que não vai nunca mais mexer nesse projeto assim que coloca um ponto final no papel. “Acabei! Pronto! Chega!”.

Infelizmente, não é uma boa ideia deixar o projeto como está só porque você terminou de escrever. Agora é hora de começar uma nova etapa (e esperamos que você tenha ficado bem longe dela enquanto ainda estava escrevendo): a edição. E quando um livro é bem editado, ele pode mudar drasticamente. Mudar para melhor.

Primeiro, dê um tempo do seu livro assim que terminar de escrever. Tempo o suficiente para você se desacostumar com o seu próprio jeito de usar as palavras, de modo que você terá mais facilidade para enxergar os problemas no próprio texto. Enquanto isso, descanse.

Em seguida, releia o seu livro. Sem dúvidas, você precisará fazer ajustes gramaticais, mas é provável que você vá ainda mais longe e mude diversos pedaços do seu livro, quem sabe até mesmo cortando capítulos inteiros e reescrevendo cenas e mais cenas.

Quando escrevemos um livro, especialmente se não planejamos o enredo com antecedência, é comum mudar de ideia sobre determinados aspectos da história e, sem perceber, começar a escrever de modo um pouco diferente. Essa evolução é muito positiva. Significa que você entendeu sua história e suas personagens melhor conforme escrevia, que seu estilo de escrita se aprimorou.

Mas, para fazer essa evolução contar, o seu livro deve ser consistente. Não adianta nada apresentar uma qualidade excepcional nos últimos capítulos se os primeiros capítulos estiverem péssimos. O leitor deve se encantar pelo seu ebook desde a primeira página!

Por isso, é essencial você se desapegar do primeiro rascunho do seu livro e se preparar emocionalmente para o trabalho duro da edição. Para facilitar esse processo, leia o nosso artigo Aprenda a usar rascunhos para escrever.

4.     Uma hora você vai ter que parar de editar e publicar ebook

Sim, editar seu próprio livro é ótimo, mas tudo na vida precisa vir na medida certa, e até mesmo a edição tem que acabar uma hora. Publicar ebook na Bibliomundi é fácil e gratuito, mas mesmo assim é normal se sentir assustado, com medo do seu texto ainda não estar bom o suficiente. Isso se chama insegurança.

Se você quer ser um autor profissional que tem a escrita como fonte de renda, deve saber a hora de parar com a revisão e publicar seu ebook. Não existe uma regra pré-definida sobre isso. Talvez seja no quinto rascunho ou até mesmo no segundo. Talvez seja depois de um mês revisando. Talvez seja depois de um ano.

O importante é você não chegar em um ponto em que fica correndo em círculos sem avançar no projeto. Desapegue. Publique seu livro. E escreva o próximo.

E aí, autor? Já está pronto para escrever um livro? Confira também o nosso artigo Quanto custa publicar um livro? Todos os valores para saber de cada custo envolvido na autopublicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *