Livros de aventura: como escrever uma viagem fantástica

Existem muitos livros consagrados que envolvem o protagonista partindo em uma jornada. Essas histórias atravessam diversos gêneros, do biográfico até a fantasia. O que todos têm em comum? A capacidade de transportar você, leitor, pelos cenários magníficos. No entanto, nem todo autor se adapta bem a todo esse negócio de descrever uma viagem. Como fazer um leitor sentir que essa personagem está passando por territórios diferentes sem estar lá para ver? Às vezes, pode parecer mais fácil só pular etapas: pronto, fulana chegou no destino, Leia mais

Conflito interno: qual o seu papel na literatura

Não existe uma história sem conflito. Ou melhor, existir até existe, mas se não houver conflito, há no mínimo uma reviravolta. Até mesmo a mais calma das histórias precisa de algo ali que cause um impacto, que mova o enredo adiante. O que você precisa entender antes de escrever e publicar livro é que esse conflito nem sempre vem de fora… Muitas histórias envolvem conflitos mirabolantes: uma espécie alienígena querendo invadir a Terra, famílias rivais que não aceitam o namoro entre seus descendentes, a luta contra Leia mais

Como criar uma religião ficcional

Quando optamos por publicar livro de ficção, temos a possibilidade de explorar mundos para além do que vivenciamos aqui e agora. Universos inteiros podem surgir a partir das nossas palavras. O que percebemos, no entanto, é que criar um mundo, ainda que ficcional, costuma ser tarefa para muito mais do que sete dias. Para povoar um universo ficcional, precisamos levar em consideração diversos elementos: desde o clima, a fauna, a flora… até elementos sócio-culturais. Entre eles, o que nos interessa para as dicas de autopublicação Leia mais

Ambientação: construindo o cenário para seu livro de ficção

Quando escrevemos um livro, é comum que os elementos narrativos em foco sejam o enredo e as personagens. Contudo, nenhuma história se passa no vácuo. Há sempre um pano de fundo. E é sobre isso que vamos falar nas dicas de autopublicação de hoje. Na escrita criativa, chamamos esse pano de fundo de “ambientação”. Isto é, o lugar, a época, o contexto onde uma história se passa. Não se trata apenas de um cenário, porque envolve todo o ambiente que circunda as personagens. A ambientação Leia mais

Motivos para todo escritor ter um diário

Sempre batemos na mesma tecla no blog de autopublicação da Bibliomundi: escrever sempre é o que faz um autor. Escreva, escreva, escreva. Só escrever ensina a escrever. Mas escrever o quê? Terão muitos dias que você vai se pegar olhando para uma folha em branco, sem a menor ideia. Às vezes, caímos nessa quando achamos que tudo o que escrevemos precisa ser grandioso, uma ideia completa e relevante para toda a humanidade. Que, no mínimo, deve ser rentável. Só que não é bem assim. Escrever Leia mais

É de conhecimento do mercado editorial brasileiro que pouco se sabe a respeito dos hábitos de consumo dos leitores. Ainda que existam pesquisas importantes como Retratos da Leitura, do Instituto Pró-livro, e Pesquisa Conteúdo Digital do Setor Editorial Brasileiro, da Câmara Brasileira do Livro, SNEL e Nielsen, a cobertura demográfica e o direcionamento para questões referentes ao consumo são limitados.    O que sabemos hoje é que a leitura estagnou em alguns segmentos, mas expandiu em outros – no digital, o consumo de livros só cresce: Leia mais

Na fantasia e na ficção científica, saímos do nosso plano e adentramos um mundo diferente. Essas diferenças podem ser sutis ou drásticas, mas são elas que dão o tom que nos separa da realidade e permite a imersão num universo sobrenatural. Tudo pode começar com apenas a presença de algum tipo de magia ou tecnologia que não existe na vida real. Isso pode escalar na aparição de toda uma nova espécie, uma nova sociedade, quem sabe um portal para um mundo inteiramente novo. Às vezes, Leia mais

Aprenda a fazer seu leitor rir

Você já parou para pensar no que é que o faz rir? Quais são os gatilhos da sua risada? E das pessoas que estão ao seu redor? Essas são algumas reflexões úteis quando nos deparamos com uma das áreas mais desafiadoras do entretenimento: a comédia. Encontrar essa veia cômica é muito importante para quase todo tipo de criador de ficção. Até mesmo uma história trágica pode se beneficiar de umas risadinhas aqui e ali. Chama-se alívio cômico pois ajuda a aliviar a tensão (o que, Leia mais

Ficção Interativa: publicando ebooks que dão voz aos leitores

E se você pudesse decidir como o livro que está lendo vai terminar? É mais ou menos por essa premissa que surgiu a ficção interativa, uma modalidade de narrativa que se desdobra conforme as decisões do leitor. A ficção interativa é conhecida por vários nomes e existe de várias formas. Ela também é chamada de hiperficção, de gamebook e de “escolha sua própria aventura”. Pode vir na forma de um livro impresso, de um site, de um videogame e, é claro, de um ebook. Hoje Leia mais

Ah, o mito do escritor solitário. Para muitos, a escrita é assim: uma atividade solo, num quarto fechado, com uma escrivaninha e sem interrupções. O autor é rei, suas opiniões incontestáveis. Ninguém pode intervir. Bem, se você preferir assim, não somos nós que vamos impedir. Nós, da Bibliomundi, proporcionamos total liberdade criativa para quem opta pela autopublicação de ebooks através da nossa plataforma. O que você mandar é o que vai para as telas dos leitores digitais. A questão é… o que impede você de Leia mais