Editoras

Os benefícios dos ebooks para livreiros em quarentena

Em época de pandemia e isolamento social, o comércio sofre um grande baque e os livreiros não são exceção. Apenas na primeira semana de fechamento do comércio em São Paulo, houve uma queda de 40% nas vendas de livros segundo dados divulgados no Painel do Varejo de Livros no Brasil. O caminho para mudar essa situação é oferecer ao público produtos e serviços que possam ser aproveitados sem sair de casa. É uma época propícia para entregas e, acima de tudo, conteúdos digitais. Se é Leia mais

A união faz a força: o papel das associações e coletivos de editores

Não é segredo para ninguém que o mercado editorial brasileiro está em crise, e essa crise não dá sinal de trégua. Grandes livreiros estão tremendo na base, e está mais do que na hora não só de pensar como também repensar nossas estratégias. Sobreviver e reinventar-se. Podemos dizer que essas são algumas das principais motivações das associações e coletivos que estão lutando pela literatura no Brasil. Nós, da Bibliomundi, sempre insistimos na importância da cena independente para o mercado editorial brasileiro. Quando falamos em literatura Leia mais

Dicas para editoras venderem mais ebooks

Falamos há um tempão que já passou da hora de todos os seus livros serem ebooks. A conversão de catálogo é uma necessidade urgente para as editoras nessa época de crise. Não basta vivermos em um país onde se lê pouco, o mercado em si está numa fase ruim, e as nossas maiores livrarias estão lutando com garras e dentes para não fecharem de vez. Com o livro digital, é possível driblar essas dificuldades. Menor custo de produção, maior acessibilidade para o leitor, menos dependência Leia mais

Livro digital ou impresso? Esqueça essa disputa

Quando os ebooks surgiram como um formato estabelecido, as editoras e principalmente os saudosistas tremeram na base, com medo do que isso poderia significar para os livros impressos. Logo depois, no entanto, o que vieram foram os boatos de que o mercado de ebooks estava em decadência, de que a nova moda não tinha colado. Um falso boato. Como explicamos no artigo Novos mercados de ebooks para editoras, os livros digitais representam um mercado em expansão, cujas vendas estão fora da curva. As pesquisas que Leia mais

Paula Cajaty é editora da brasileira Jaguatirica e da portuguesa Gato Bravo, além de escritora e Diretora de Comunicação da Libre (Liga Brasileira de Editoras Independentes). Ela é convidada do #ElasOcupamBibliomundi para mostrar o lado de lá do mercado, no olhar de quem está de dentro, das editoras independentes, atenta às mudanças, representando o Brasil em rodadas de negócio e agora com um pé em Portugal.   O Blog Bibliomundi preparou um teti-a-teti de 6 perguntas para uma das editoras mais multitarefas que conhecemos. Quais Leia mais

Como destacar sua editora nas redes sociais e livrarias

Se você leu o artigo de semana passada, já sabe o papel da gestão de marcas no sucesso da sua editora. Nossas 5 dicas de branding para editoras são o primeiro passo para sua empresa se destacar e passar confiança ao público-alvo. No entanto, se você quer mesmo consolidar a presença da sua editora no mercado, não basta seguir as nossas dicas por apenas um dia e se esquecer depois. Nada disso, sua editora precisa de um plano de marketing digital eficiente a curto e Leia mais

No artigo “O Autor empreendedor: seu nome, sua marca”, como o título sugere, explicamos ao autor independente como a imagem atrelada ao seu nome profissional está interligada ao sucesso da sua carreira de autopublicação. Para uma editora, essa noção é ainda mais urgente. Muitas pessoas acreditam que a reputação do autor, por si só, é responsável pelas vendas e relação com o público. O que acontece, então, com as editoras que não têm grandes nomes em seu catálogo? Ou seja, qualquer pequena editora que ainda está construindo Leia mais

Vale a pena oferecer serviços de assinatura de ebooks?

Hoje em dia, quem não tem uma assinatura da Netflix? Ou quem sabe ouve música no Spotify? Para os fãs de anime, há o Crunchyroll. Há assinatura digital para tudo, e os ebooks não são exceção. Entre gigantes internacionais como o Scribd e iniciativas nacionais como o LivrOh, Ubook e Árvore de Livros, as assinaturas de ebooks estão cada vez mais competitivas. Por um valor médio de 8 a 10 dólares ao mês, os assinantes podem ler quantos livros quiserem do catálogo. Estima-se que 71% Leia mais

Conversão de catálogo: já passou da hora de todos os seus livros serem ebooks

Qualquer pessoa que tem algum interesse pela leitura sabe que o mercado editorial está em crise. As maiores livrarias do país estão falindo e arrastando editoras pelo mesmo buraco. A situação não está bonita, mas existem meios de sobreviver a essa crise. Por exemplo, a conversão de catálogo para livros digitais. O problema não está nos hábitos de leitura da população, pelo menos não exclusivamente. Pesquisa realizada pela Associação Nacional de Livros (ANL) indica que a procura por livros aumentou 4,2% no último ano, mas Leia mais

Novos mercados de ebooks para editoras

Quando o assunto é a venda de ebooks, sempre surge o boato de que é um mercado em decadência. Essa informação é baseada em pesquisas tendenciosas. A verdade é que os ebooks representam um mercado em expansão, com tendências inovadoras que fogem ao padrão conhecido pelas editoras tradicionais. O mito da decadência do mercado de ebooks surge da dificuldade em calcular estatísticas em cima das vendas independentes: existem livros digitais sem ISBN, os preços de capa são mais acessíveis e nem todos os canais de Leia mais