Plot twist! Como criar reviravoltas no enredo

Nada como uma bela reviravolta para deixar os leitores presos na narrativa e pensando sobre um livro mesmo depois de terminar de ler. É, meu caro, nós nos lembramos bem de obras como Os Outros, Psicose e Gone Girl. A fala “Luke, eu sou seu pai” se tornou tão famosa que até quem não assistiu Star Wars já conhece. Um enredo que surpreende é um enredo que não é esquecido. E isso serve tanto para bem, quanto para mal. Difícil quem não tenha se surpreendido Leia mais

Publique seu livro hoje mesmo: seis motivos para perder o medo

Por que você ainda não publicou um livro este ano? Você está esperando alguma oportunidade única? Ou quem sabe uma inspiração do além? Não espere mais. A oportunidade e a inspiração para publicar livro são você quem cria. A autopublicação está disponível a qualquer momento. Publicar um livro não precisa ser nenhum bicho de sete cabeças. Crescemos com uma ideia rígida do que significa “publicar um livro” na nossa cabeça, mas essa ideia é retrógrada e não corresponde mais à realidade. Você não precisa que Leia mais

Dicas para completar um desafio de escrita em 30 dias

O mês está quase acabando, e em toda virada há um recomeço. Que tal embarcar no mês que vem com um desafio de escrita em trinta (e um) dias? Nas dicas de autopublicação da Bibliomundi de hoje, vamos explicar todo o passo a passo que você precisa para escrever um livro do começo ao fim dentro de apenas um mês. Não, não é novembro ainda, não chegamos no mês de escrita dos gringos. Estamos desafiando você livremente, só porque sim. Você quer publicar livro mas Leia mais

O que é um arco narrativo?

O arco narrativo, ao qual também podemos referir como “arco de uma história”, se trata de nada mais, nada menos do que o caminho que uma história toma. Como o próprio nome sugere, o “arco” é o formato de uma história. Ele é a jornada através dos eventos, com começo, meio e fim. O conceito de arco narrativo como conhecemos hoje foi desenvolvido pelo escritor alemão Gustav Freytag, através de suas análises das tragédias gregas e das peças de Shakespeare. Tipicamente, nas peças clássicas de Leia mais

A não ficção é uma categoria que está em alta na venda de ebooks. Só entre os meses de março a maio de 2020, houve um aumento de 154% no consumo de ebooks de não ficção. Entre os gêneros mais vendidos, a autoajuda ainda marca sua presença, mas com menos impacto do que antes (9 dos 15 livros mais vendidos de 2020 foram do gênero, enquanto em 2019 foram 13). Há também livros sobre política, racismo e economia, além de quatro autoras mulheres deixando sua Leia mais

Quando devo escrever cenas de luta?

Se você acompanha as dicas de autopublicação da Bibliomundi, já deve ter lido o nosso artigo Como escrever cenas de luta em um livro. Hoje, o tema é um pouquinho diferente. Não vamos focar no como, e sim no quando. É isso mesmo que você leu. A dúvida que vamos tirar hoje é: quando você deve incluir uma cena de luta em seu livro? Ao publicar ebook, especialmente como um autor independente, temos a liberdade criativa para escrever o que quiser e como quiser. Você Leia mais

Mistério aconchegante: conhecendo o gênero

Como um mistério pode ser aconchegante? Existe um crime, geralmente um assassinato. Até aí, a história poderia ter um clima sério e perturbador. Mas não é esse o ângulo de quem escreve um mistério aconchegante. Em vez disso, a violência fica fora de cena, a linguagem é leve e, muito importante, a personagem principal é gente como a gente. O gênero cozy mystery, em grande parte popularizado no século passado pela autora best-seller Agatha Christie, é caracterizado por esses elementos: Uma história que se passa Leia mais

Jornalismo narrativo o que é e como escrever

A escrita criativa não se limita aos confins da ficção. Para contar histórias incríveis, nem sempre é necessária uma fuga da realidade. Às vezes, tudo o que precisamos é investigar a fundo o mundo em que vivemos e tirar da literatura somente a habilidade de tecer narrativas. O jornalismo narrativo, também conhecido como jornalismo literário, é um gênero que se consolidou na metade do século passado. É jornalismo porque conta histórias reais, com enorme compromisso com a verdade. É literário porque não apresenta essas histórias Leia mais

Como escrever uma história verossímil

A palavra da vez é a verossimilhança. Não dá para escrever um blog com dicas de autopublicação sem tocar nesse assunto. A verossimilhança é fundamental para a ficção porque se trata da habilidade de criar uma história que não é real, que não funciona exatamente igual à realidade, mas que ainda é capaz de convencer o leitor. Ao publicar livro com uma história verossímil, o seu leitor se torna mais disposto a praticar a suspensão de descrença. Ou seja, mesmo sabendo que aquela é uma Leia mais

Como guardar os segredos do narrador

Nem sempre quando contamos uma história queremos deixar tudo às claras. Em vez disso, pode ser mais interessante fazer um pouco de suspense, deixando certas informações-chave para mais tarde. Chegada a hora da revelação, TCHAM! A reviravolta. Ou pelo menos é o que esperamos. Mas, na hora de ler uma narrativa cheia de omissões, pode ser que o leitor não se sinta intrigado, surpreso. Não mais do que ele se sente enganado. E aí está o risco. Como publicar livro em que seu narrador guarde Leia mais