O segredo para escrever cenas de ação bombásticas

Quase toda história de ficção pode, em algum momento, ter uma cena de ação. Podemos definir essas cenas de forma bem simples: retratam personagens vivenciando um desafio que exige uma reação corporal e apresentam grandes consequências caso o objetivo não seja cumprido. São cenas rápidas, urgentes e, em geral, competitivas. Podemos pensar em diversos momentos das nossas vidas em que precisávamos agir rápido e testar os limites do nosso corpo para alcançar um objetivo, correndo grandes riscos caso não fôssemos até o final. Desde um Leia mais

Representatividade: identidades de gênero dissidentes na literatura - Parte 2

Semana passada, nas dicas de autopublicação da Bibliomundi, o tema foi representatividade: sexualidades dissidentes na literatura. Falamos sobre diferentes orientações sexuais que fogem ao padrão heteronormativo esperado pela sociedade e a relevância de sua representação na literatura. A ideia é simples: essas pessoas existem e, se existem, por que não representá-las? Quase sempre, a ficção privilegia quem já é privilegiado no mundo real. Em sua maioria, vemos personagens que são brancas, magras, hétero e cisgênero. Isto é, personagens que não são nem negras, nem asiáticas, nem indígenas. Leia mais

Representatividade: Sexualidades dissidentes na literatura

Vivemos em uma sociedade diversa. Existem pessoas de diversas cores, religiões, identidades e formas de amar. Não há apenas um jeito de ser. No entanto, quando olhamos para a televisão, não é essa mesma realidade que enxergamos. Nas novelas, a maioria do elenco é branco. A maioria das personagens é heterossexual. O pouco de inserção das minorias que observamos é quase sempre à margem, como no infame caso da novela que se passava no nordeste e a cena com mais negros presentes se passava na Leia mais

Ano novo, metas novas: um guia para escritores atrasados

Se você acompanha as nossas dicas de autopublicação, já sabe toda a teoria por trás do ato de escrever e publicar livro. Entretanto, não é nenhum segredo que há uma grande distância entre teoria e prática. Estabelecemos metas, não cumprimos as metas, o ano acaba, estabelecemos novas metas. Como quebrar esse ciclo? Talvez seja a hora de olharmos para as nossas metas e entender o que há de errado com elas. Nem sempre a culpa é da nossa atitude. E se você acha que fevereiro Leia mais

Como eliminar todas as distrações para escrever

Quando o assunto é falta de produtividade e procrastinação, o primeiro culpado que vem à cabeça quase sempre é a internet. Facebook, Instagram, Twitter e tudo o mais que você pode acessar, além dos joguinhos de celular, são os responsáveis pelo seu livro estar lá, esperando para ser escrito. Portanto, para eliminar as distrações, o caminho é simplesmente se livrar de toda a tecnologia ao seu redor. Sem jogos, notícias ou redes sociais, você conseguirá escrever. Mas o que acontece depois que você silencia os Leia mais

A Bibliomundi tem um compromisso com a literatura de todos para todos. Isso significa que promovemos a autopublicação de ebooks escritos por autores independentes, mas também que apoiamos o trabalho de pequenas editoras que estão lutando para conquistar espaço no mercado. Trazemos então, dois destaques para o artigo de hoje. O selo Transversal da editora Oito e Meio e a editora Plutão, que estão fazendo um excelente trabalho na publicação de autores brasileiros em literatura de nicho. Fundada em 2010 por Flávia Iriarte, a editora Oito e Leia mais

O que faz alguém comprar um livro?

Nós, escritores, dedicamos toda a nossa energia à tarefa de escrever um bom livro. Com todo o cuidado do mundo, pensamos no conteúdo, escolhemos nossas palavras, editamos, reescrevemos. Queremos oferecer o melhor aos leitores. Mas e quando não leem nosso livro? Para onde vai todo esse trabalho?  Precisamos pensar para além do que vai dentro do livro. Precisamos traçar um caminho que conecte a obra ao leitor, não basta apenas publicar livro. Só assim a leitura será feita de fato. Então, vamos à questão: o Leia mais

Vale a pena escrever esse livro?

Quantos escritores existiriam no mundo se todo mundo acreditasse nas próprias ideias? Provavelmente veríamos muito mais livros por aí. Acontece que, quando o assunto é publicar livro, boa parte das pessoas não acha que tem talento o suficiente para investir nisso ou não tem certeza se o projeto é interessante de verdade. Em algum lugar do mundo deve existir um autor que nunca teve dúvidas na vida e sempre foi até o fim em cada uma de suas ideias. Esse lugar não é aqui. Não Leia mais

O que é um bom livro?

Entre escritores, leitores e críticos, não há um consenso, seja no meio tradicional ou de autopublicação. A pergunta vem e volta: o que é um bom livro? Como se define um bom livro? Quais são as características de um bom livro? Alguns podem dizer que um bom livro é feito com vocabulário amplo, enredo imprevisível e sem furos, personagens tridimensionais. Outros respondem com: “aquele que você jamais consegue esquecer”. Mas, se for assim, por que algumas pessoas amam os livros de Nicholas Sparks e outras Leia mais

A Cultura K-Pop chega aos ebooks

O K-Pop é um fenômeno. Disso não podemos ter dúvidas. Tipicamente, a tendência é que a maioria dos produtos culturais que consumimos sejam produzidos nos Estados Unidos, na Inglaterra ou aqui no Brasil. É só pensar em quais filmes e séries assistimos, quais músicos ouvimos. O que vem de outros países fora desse eixo de influência acaba caindo na categoria de “cultura de nicho” na maioria das vezes. Ainda que esses produtos culturais ganhem popularidade, dificilmente são tratados como um interesse comum. É algo que Leia mais